CMYK ou RGB? Qual a diferença?

  1. CMYK

CMYK ou RGB? Qual a melhor escolha para material impresso?

Ao iniciar um projeto você deve primeiro saber onde ele será empregado. É importante lembrar que o padrão RGB é utilizado para reproduzir cores em aparelhos eletrônicos, como televisores e computadores de maneira fiel e o padrão CMYK é utilizado para materiais impressos, sendo muito usado então pelas gráficas.

Devido a esta diferença de padrão é que uma mesma imagem vista no monitor apresenta leves alterações na tonalidade das cores ao ser impressa. Alguns programas gráficos como o Corel Draw incorporam filtros, que tentam mostrar no monitor a imagem exatamente como será impressa.

Diferença entre os padrões

CMYK corresponde às iniciais das cores C (ciano), M (magenta), Yellow (amarelo) e K (Black). O preto, nesse caso, é a cor chave deste padrão, por isso sua sigla correspondente é o K que representa a palavra “Key” (chave, em inglês). Este padrão contém quatro cores primárias que quando combinadas formam cores ilimitadas. O padrão CMYK é usado para impressão.

Já o chamado RGB divide as cores que formam o pixel de uma imagem em 3: Red (vermelho), Green (verde) e Blue (azul). Cada pixel tem uma quantidade de luz em cada uma destas três cores, para, assim, se ter as cores na tela do computador, televisão, câmera, etc.
O padrão RGB é usado para imagens que serão reproduzidas em algum destes dispositivos citados.

Além do CMYK e do RGB existem vários outros padrões de cores, como o Pantone. Neste caso ao invés de um certo número de cores primárias que são combinadas para gerar as demais, há uma tinta para cada cor que será utilizada na impressão.

Isto garante que a cor impressa seja exatamente a mesma que é vista no mostruário, entretanto não permite usar muitas cores diferentes no mesmo impresso, já que seria necessário o uso de uma tinta diferente para cada cor.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *